Sem categoria

A MARCA DA FORCA – Tetra Áudio/720p / 1080p – Download – 1968




HANG EM HIGH – 1968
EUA
WESTERN
DIREÇÃO: Ted Post
ROTEIRO: Leonard Freeman, Mel Goldberg
IMDb: 7,0 http://www.imdb.com/title/tt0061747/

POSTAGEM PUBLICADA ORIGINALMENTE EM 15/08/2015.

LINKS ATUALIZADOS PARA A VERSÃO 1080P.

RMZ 1080P – BDRIP X265 – QUADRI ÁUDIO – DUBLAGEM CLÁSSICA TELEVOX + VERSÃO 720P REDUZIDA + TVRIP RECORD (SESSÃO OSCAR)

Postado por Edfilmes

DADOS DA VERSÃO 1080P
Formato: MKV
Qualidade: BDRip x265 (1920 x 1036 (1.85:1), HEVC, 3944 kbps, 23.976 fps)
Tamanho: 4,07 GB
Duração: 114 min.
Legenda 01: Português (Forçada no corte de duas palavras (Áudio Televox)
Legenda 02: Português (Completa)
Legenda 03: Inglês (Completa)
Áudio 01: Português – 1ª Dublagem Rede Record (Televox – MP3, 128 kbps, 44.1 KHz, 2 ch)
Áudio 02: Português – 2ª Dublagem TNT / TCM (Herbert Richers – MP3, 160 kbps, 48.0 KHz, 2 ch)
Áudio 03: Português – 3ª Dublagem DVD (Studio Gabia – MP3, 112 kbps, 48.0 KHz, 2 ch)
Áudio 04: Inglês (AC-3, 640 kbps, 48.0 KHz, 6 ch)
Servidores: Google Drive, Uloz.to e Uptobox (Dividido em 05 partes – RAR)
Uploader, Encoder e Remasterizador: Edfilmes
Atualização: FalconNight

DADOS DA VERSÃO 720P REDUZIDA
Formato: MKV
Qualidade: BDRip x265 (1280 x 690 (1.85:1), HEVC, 1264 kbps, 23.976 fps)
Tamanho: 1,56 GB
Duração: 114 min.
Legenda 01: Português (Forçada no corte de duas palavras (Áudio Televox)
Legenda 02: Português (Completa)
Legenda 03: Inglês (Completa)
Áudio 01: Português – 1ª Dublagem Rede Record (Televox – MP3, 128 kbps, 44.1 KHz, 2 ch)
Áudio 02: Português – 2ª Dublagem TNT / TCM (Herbert Richers – MP3, 160 kbps, 48.0 KHz, 2 ch)
Áudio 03: Português – 3ª Dublagem DVD (Studio Gabia – MP3, 112 kbps, 48.0 KHz, 2 ch)
Áudio 04: Inglês (AC-3, 256 kbps, 48.0 KHz, 6 ch)
Servidor: Mega (Dividido em 04 partes)
Uploader, Encoder e Remasterizador: Edfilmes

DADOS DO TVRIP
Formato: AVI
Qualidade: TVRip Rede Record (Sessão Oscar)
Tamanho: 758 MB
Duração: 128 min. (Com comerciais)
Legenda: S/L
Áudio: Português
Servidor: pCloud / Online
Uploader: Edfilmes

 

– OS ARQUIVOS FORAM COMPACTADOS USANDO-SE O PROGRAMA WinRar v6.0. SUGERIMOS A UTILIZAÇÃO DESTE MESMO PROGRAMA E VERSÃO PARA A EXTRAÇÃO DOS ARQUIVOS, A FIM DE MINIMIZAREM A OCORRÊNCIA DE ERROS.

Pessoal, a dublagem clássica presente nesse projeto, foi extraida desse mesmo TVRip que está aqui disponível. O mesmo pelo que pesquisei no site do “Acervo Folha”, é do dia 19/01/1981 (como poderão ver na imagem do jornal da época logo abaixo), então para confirmar mais ainda essa data, ao final do filme no TVRip, o locutor faz um oferecimento a um determinado orgão e cita o referido ano “1981”, sem falar que no começo do mesmo marca 21:00 hs na tela, o mesmo horário de exibição que consta no site do Acervo Folha, levando em conta ainda os comerciais e a logomarca da Record na época, nos deixam mais certos disso.


(Jornal da época anunciando a exibição de dois faroestes na tv (dentre eles o aqui postado).

Bem, na verdade essa gravação é uma telecinagem (basta ver as caracteristicas do mesmo), já que no referido ano ainda não existia aparelhos de VHS, consequentemente o áudio não ficou com uma qualidade 100%. Foi preciso muitas seções de Adobe Audition e Sony Vegas para chegar em um patamar aceitável referente a versão RMZ.

Geralmente filmes telecinados, tem aquele chiado característico de embolo de fitas velhas (sem falar o chiado da transmissão de tv neste caso). Essas interferências se encontravam por todo o filme, então tive que ir de ponto a ponto removendo as mesmas, em algumas partes tive que susbstituir trechos do áudio pela redublagem da HR, pois por vários fatores essas partes foram estragadas e comprometidas (mas foram em partes sem falas). No filme existem três falas que se perdem na dublagem clássica. A primeira é no minuto “06:11”, quando o personagem vai falar a palavra “dele” há um pequeno corte e ele apenas chega a falar metade da palavra “de”. O segundo corte é no minuto “27:15, quando o juiz em conversa com o personagem do Clint, iria pronunciar a palavra “cidade”, porém apenas chegar a pronunciar “ci” e já emenda com outra palavra dando prosseguimento a conversa. O último corte é no minuto “34:47”, quando o personagem do Clint diria “ele” no final da frase, então apenas o “e” é dito e o restante da pequena palavra que seria “le” se perde. Não coloquei os trechos da HR para cobrir essas partes, pois a interpretação é diferente, sobretudo aos que forem assistir o filme, perceberão o que os mesmos dirão nesses trechos. Como puderam perceber, não foram cortes de frases inteiras e sim pedaços de palavras, acredito que possa ter sido algum erro proveniente da telecinagem ou quem sabe algum erro de transmissão na época. Apenas o primeiro e o último corte terão legenda forçada, o segundo não achei necessário pois a fala é bem rápida. Em certas partes vocês ouvirão algum pequeno chiado ou zunido de fundo, acho que apenas por fone de ouvido que dá para perceber (nada que atrapalhe, coisa bem sutíl por sinal), pois não foi possível remove-lo por completo com um áudio desse tipo. Em comparação com áudio do tvrip, diria que ficou um trabalho bem legal.

Em relação ao encode “x265” ou “HEVC”, há muito tempo eu venho testando aqui para mim, mas somente agora eu lançei um post com essa codificação. Aí vem aquela mesma conversa de compressão sem perdas e tals blá blá blá… bem, não existe isso de compressão sem perdas, qualquer encode que fizermos, perderemos qualidade sim, a questão é que dependendo da resolução, considerando a taxa de bitrate, codec usado e meio que reproduziremos tal arquivo, então essa perda é amplamente ou quase imperceptível. Cito até aquele exemplo dos copos cheio e vazio, onde se eu passar a água do copo cheio para o vazio, basicamente falando terei passado a água toda não é verdade? Mas se repararmos bem, no copo que agora está vazio, ainda tem pequenas gotículas de água e isso se caracteriza perda de informações (trazendo para o meio de compressão de video, seria perda de qualidade).  Por outro lado, esse codec x265 realmente é o que mantém a qualidade mais equiparada com o arquivo original e consequentemente um encode do mesmo leva de 07 – 10 hs em média (isso com um PC de mediano a bom), pois é muito mais informações para serem comprimidas e processadas. Digamos que um mesmo arquivo x264 com a mesma taxa de bitrate e resolução, fica com qualidade inferior, pois o codec x265 consegue reter muito mais informações em pouco espaço do que seu antecessor.

Aqui eu uso o VLC e o Media Player Classic, tenho codecs de áudio e video tudo atualizado e abro arquivos desse tipo normalmente, talvez alguém aqui venha ter dificuldade em reproduzir o mesmo, já que não é um codec tão popular ainda na rede (apesar de já ter em média quase 3 anos de lançado, porém poucos usam), então se estiverem com essas atualizações em dia, acredito que não terão dificuldade em reproduzi-lo.

No mais um grande abraço a todos e espero que curtam o filme!

LINKS DA VERSÃO 1080P

UPTOBOX
PARTE 01: A MARCA DA FORCA 1968
PARTE 02: A MARCA DA FORCA 1968
PARTE 03: A MARCA DA FORCA 1968
PARTE 04: A MARCA DA FORCA 1968
PARTE 05: A MARCA DA FORCA 1968

ULOZ.TO
PASTA COM OS ARQUIVOS: A MARCA DA FORCA 1968

GOOGLE DRIVE
PASTA COM OS ARQUIVOS: A MARCA DA FORCA 1968

SENHA: FalconNight

 

VERSÕES EM 720P E TV-RIP AGUARDANDO ATUALIZAÇÃO: SEM PREVISÃO.

LINKS DA VERSÃO 720P REDUZIDA

PARTE 01: A MARCA DA FORCA 1968
PARTE 02: A MARCA DA FORCA 1968
PARTE 03: A MARCA DA FORCA 1968
PARTE 04: A MARCA DA FORCA 1968

LINK DO TVRIP

PARTE ÚNICA: A MARCA DA FORCA 1968

SENHA: TELADECINEMA&EDFILMES  (TUDO MAIÚSCULO)

 

Amostra com a 1ª dublagem

 

Amostra com a 2ª dublagem

 

Amostra com a 3ª dublagem

Jed Cooper é quase linchado por um grupo de homens que o acusam de matar um rancheiro e roubar o gado dele. Deixado pendurado na forca, ele é salvo quando o delegado Bliss chegou ao local. O delegado está à serviço do juiz Adam Fenton, a autoridade máxima em Oklahoma, que exige que os prisioneiros lhe sejam trazidos vivos. Não que Fenton esteja preocupado com a justiça, mas apenas em manter as aparências e fazer o espetáculo mais popular da cidade de Fort Grant: o enforcamento em massa. O juiz acha que com isso ajudará a imagem da região, que se transformará de um Território em um Estado da União.
Ao chegar à corte do juiz, Cooper é libertado pois já haviam capturado o verdadeiro ladrão assassino. Mas Cooper quer vingança contra aqueles que quase lhe mataram. O juiz sabe que Cooper foi um homem da lei em outro Estado, e lhe propõe assumir o cargo de delegado. Assim, ele poderá perseguir seus atacantes legalmente. Mas o juiz faz questão de que eles sejam trazidos vivos para o “julgamento”.

Clint Eastwood … Marshal Jed Cooper
Inger Stevens … Rachel Warren
Ed Begley … Captain Wilson
Pat Hingle … Judge Fenton
Ben Johnson … Marshal Dave Bliss
Bruce Dern … Miller

# país: EUA
# duração original: 114 min
# estúdio: Leonard Freeman Production, The Malpaso Company
# distribuidora: United Artists

ACIMA DA LEI / O DIA DA LEI / UM COLT…PARA OS FILHOS DO DEMÔNIO (DUAL ÁUDIO/720P) - 1968 Ver%2Btodo%2Bo%2Belenco

ACIMA DA LEI / O DIA DA LEI / UM COLT…PARA OS FILHOS DO DEMÔNIO (DUAL ÁUDIO/720P) - 1968 Mais%2Binforma%25C3%25A7%25C3%25B5es

ACIMA DA LEI / O DIA DA LEI / UM COLT…PARA OS FILHOS DO DEMÔNIO (DUAL ÁUDIO/720P) - 1968 T%25C3%25B3picos%2Bde%2Bajuda

A MARCA DA FORCA – Tetra Áudio/720p / 1080p – Download – 1968 Download via torrent